Olá professor, Seja Bem-vindo!


Oi pessoal!

Sei que muitos de vocês já devem ter retornado às aulas. Então,que tal falarmos mais um pouquinho sobre este retorno? 

Isso mesmo, estou falando de você professor. Já reparou como é delicado este momento de retorno?  Ao mesmo tempo que para alguns é momento de festa onde poderão reencontrar colegas já conhecidos, para outros o momento é  de tensão, porque estão ingressando agora na profissão ou porque estarão atuando com uma nova equipe em uma outra escola.  



Diante deste fato verificamos a importância de  maior atenção da comunidade escolar para essas várias ramificações que este convívio nos exige. Afinal, o professor também precisa estar bem para realizar um bom trabalho. 

Podemos observar um pouco deste movimento no artigo professor, seja bem-vindo publicado há alguns dias  no site da revista Nova Escola. O texto explica um pouco sobre essa rotina do retorno, assim como mencionamos acima, mas também destaca algumas Competências necessárias aos professores.

Tais competências,segundo o artigo,  foram extraídas do livro A Prática Reflexiva no Ofício de Professor: Profissionalização e Razão Pedagógica do Sociólogo Philippe Perrenoud e ganham mais força agora no início do ano letivo onde suas exigências acabam dicando mais fortes.

Vejamos as competências destacadas no artigo;

- Saber cooperar  e trabalhar em rede;

- Conhecer a escola como uma comunidade educativa;

- Aprender a se sentir membro efetivo da equipe.

Sim, aparentemente são funções básicas de serem colocadas em prática, porém como o próprio Perrenoud menciona em entrevista à Universidade de Genebra:


  
"Competência é a faculdade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos (saberes, capacidades, informações etc) para solucionar com pertinência e eficácia uma série de situações"




E agora eu te pergunto? Como mobilizar estes recursos cognitivos em um ambiente onde não há aberturas? Onde o convívio é tensionado? 

Impossível, sabemos que não é, mas com certeza quando a escola abre as portas para as mudanças e para as diferenças de um novo ano letivo as tensões ficam mais leves e essas capacidades passam a ser mais leves e quem sabe, mais fáceis de serem desenvolvidas. 

Mas também não dá para deixar toda a tarefa nas mãos da equipe técnica da escola. É por isso que quando menciono escola, falo sim, da equipe técnica, mas também incluo os professores veteranos e taos professores que estão se achegando. 

Afinal, as tensões começam na forma como enxergamos as novidades a que somos desafiados. Se escolhemos enxergá-las positivamente...

Fica então a dica. 
Boas vindas aos professores e às novidades de um novo ano letivo. 

________________________________________________________________________
Leia também:


Por Vanessa Vieira


1 comentários :

  1. Opa Vanessa,

    Por conta de greve das federais em 2012 ainda estamos terminando o ano letivo de 2012 :-( Mas quando iniciarmos nosso ano letivo de 2013, em março, vou indicar seu ótimo texto aos meus colegas.

    Nossa tarefa de Professores é árdua, por isso temos que caminhar, dentro da escola, tanto quanto possível, juntos.

    Um ótimo ano letivo pra todos nós.

    ResponderExcluir

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos