A Leitura no mundo das crianças

E hoje damos início às nossas postagens da assinatura Contando experiências. E quem estréia nossa nova etapa é a querida Roberta. Vejam que interessante a reflexão que ela nos traz sobre a leitura e as crianças...


O despertar da literatura no mundo infantil

Por Roberta Clarissa Leite

Foto: ThinkStock
Há muitas maneiras de introduzir o gosto pela leitura para crianças, o assunto é bem discutido entre pais preocupados com o desenvolvimento dos pequenos e isso leva a abordagem de várias possibilidades para alcançar esse despertar.
Quem não lembra do primeiro livro que leu ou daquele que mais marcou a infância? Aquele cujas páginas traz um cheirinho de juventude e ares de um tempo que não volta mais? Essa experiência nunca pode ser privada na construção da identidade e da formação escolar de uma criança. O melhor é que para os adultos isso pode ser relembrado através de histórias contadas e recontadas para filhos, sobrinhos, netos etc. Os dois lados ganham com essa atividade.
O ciclo pelo qual atravessamos nossas vidas em muitos pontos são repetidos através da atitude dos filhos e quando nos reconhecemos neles, assumir esse reflexo faz a diferença, torna mais leve a proximidade entre pai/mãe e filho e a leitura pode ajudar nesse andamento que leva o amadurecimento de ambos os lados.
O universo da leitura oferece um extenso caminho de possibilidades de crescimento para criança, em conhecer novas situações através das personagens, de ler novas palavras, de descobrir enredos, sonhar com gravuras e também ser introduzido à musicalidade da poesia através das rimas e metrificações dos versos, quanto ao livro de poesia.
Aliás, a poesia tem muito o que oferecer para as crianças. O conhecido livro de Cecília Meireles publicado em 1964, “Ou Isso ou aquilo” passeia pelo pensamento infantil de maneira sublime, e ao mesmo tempo ressalta situações difíceis de resolver, por isso serviu também como um divisor de águas na época para a literatura infantil e até hoje permanece atual.
Como pais e mestres não devemos adiar a conexão entre infância e literatura, não há tempo a perder, em meio ao mundo tecnológico e rápido, a leitura compõe o que há de mais precioso, começando pelo conhecimento de sentimentos e comportamentos junto aos outros, mas também da consciência construída em si.

Passos para o conhecimento de uma nova língua
Essa mesma ponte é também construída quando se introduz o estudo de uma nova língua para as crianças. Um novo universo se abre, até porque aprender um segundo idioma carrega a chance de aprender também a cultura e os costumes de outros povos.
 A utilização da memória no aprendizado de um idioma como em um curso de inglês também é um fator observável e que acaba agregando ao aluno uma desenvoltura maior com as palavras. Portanto, não há como adiar esse contato tão rico entre a infância e a leitura, esse gosto permanecerá pelo resto da vida.

Você tem o hábito de ler com seus(suas) filhos(as)?

________________

Grata pela partilha Roberta. Serás sempre bem-vinda! =) 
Vanessa Vieira

0 comentários :

Postar um comentário

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos