Não basta Falar sobre as diferenças...

Confesso a vocês que ia apenas compartilhar esta notícia na fã page do blog, mas depois veio a crise de consciência e a necessidade de falar um pouco mais deste assunto que me deixou bastante intrigada. Do que eu estou falando?

Pois bem! Hoje cedo verificando as atualizações do Facebook me deparei com o triste relato de um Pianista que foi se apresentar em um evento voltado para os alunos da cidade de Campinas-SP e logo após explanar sobre sua apresentação foi vaiado pelos alunos. (Veja aqui a notícia

André Mehmari é autor de composições e arranjos para algumas das formações orquestrais e de câmera mais expressivas do País, como Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), Quinteto Villa-Lobos, Orquestra Sinfônica de Brasília (OSB), Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, entre outros. 

O ocorrido me fez lembrar sobre a "luta" que algumas escolas tem traçado atualmente para falar sobre as diferentes culturas existentes ao nosso redor, sobre os lugares dos educadores (pais e professores) sobre muita coisa que estamos sempre falando, mas que infelizmente ainda nos colocamos em posições distantes. 

Falamos, questionamos, dizemos das necessidades de... Mas não colocamos a mão na massa para que se torne efetivo. 

Entendo o lado dos alunos, que infelizmente mal educados não souberam respeitar a cultura do pianista. Provavelmente nenhum trabalho foi realizado anteriormente com eles a fim de que soubessem a proporção do evento que estavam assistindo. Mas entendo também a posição do Pianista, que sem motivo plausível foi submetido à este ridículo diante de um público imaturo. 

E a culpa é de quem? 

Sem dúvida nenhuma, nossa! Que ainda nos permitimos pensar apenas em conteúdos pragmáticos, em "impactos tecnológicos" sem, muitas vezes, convergir todas estas informações para o real sentido de suas discussões A EDUCAÇÃO DE NOSSAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES.

Penso que todas as pesquisas e discussões e tudo mais seja importante, mas é importante também olhar e tratar de perto com alunos, pais de alunos e professores também. 

- "Mas isso é utópico!!!" 

"Bola" àqueles que dizem que é utópico. Só a transformação desta "utopia" em algo real nos fará viver em comunidades melhores, pelo menos no que se refere ao respeito ao próximo, base,creio eu, fundamental de uma sociedade de verdade, arrisco-me a dizer. Caso contrário, que tal começarmos a falar em "individuaciedade!?


Por Vanessa Vieira


0 comentários :

Postar um comentário

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos