MARCAS DA EDUCAÇÂO

Queridos amigos  Estava lendo um livro de Rubem alves (Um mundo num grão de areia: o ser humano e seu universo_campinas,SP: verus,2002) e uma das crônicas descritas no livro me chamou bastante atenção. 

Intilulada por: um cravo branco na lapela... essa crônica conta a história de um filho que só depois da morte de sua mãe consegue dizer a ela as coisas que ele sentia vontade porém não podia, ou não devia devido à falta de intimidade que antigamente era cultivada na sociedade. O famoso jogo do silêncio! ou então fale ao motirista somente o indispensável... Então seguido a história há um momento em que o referido autor nos escreve a seguinte frase:  Seria impossível esperar que você tivesse condições para quebrar as regras que a educação gravou pelo seu corpo... 

Essa frase me tocou profundamente e comecei a imaginar nossos alunos. Como será que a educação oferecida em nossas  escolas atualmente os tem marcado e mais será que essas marcas podem ser quebradas?

E ai professor qual é a sua opinião??


                                        Foto retirada do site obvious: um olhar mais demorado

3 comentários :

  1. Oi Vaessa, amei seu blog. Estou te seguindo e vou divuga-lo no meu.Bjs e gostei muito da sua visita.

    ResponderExcluir
  2. Se falarmos em educação efetivada por professores como alguns q tenho conhecido aqui no seu blog e em outros, tenho certeza que as marcas são boas e positivas fazendo deles crianças felizes e adultos realizados.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você Helena!! Quando nós professores começarmos a enxergar o aluno em sua completude, ou seja, um ser que além de INTELECTO, tem sentimentos,ideias e valores. Conseguiremos fazer com essas marcas sejam positivas.

    ResponderExcluir

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos