Você tem sido etiqueta?

Há algum tempo li este texto no Vidráguas e hoje, vendo as propostas de redações trazidas pelo site Uol e lá estava ele novamente. Dando um show de reflexão sobre o tão falado consumismo. Confesso a vocês que poderia ficar aqui falando e falando e falando sobre o assunto, mas o texto fala muito mais!!!!


Imagem do site Uol

Leiam:


Eu etiqueta
Em minha calça está grudado um nome
Que não é meu de batismo ou de cartório
Um nome... estranho.
(...)
Meu lenço, meu relógio, meu chaveiro,
Minha gravata e cinto e escova e pente,
Meu copo, minha xícara,
Minha toalha de banho e sabonete,
Meu isso, meu aquilo.
Desde a cabeça ao bico dos sapatos,
São mensagens,
Letras falantes,
Gritos visuais,
Ordens de uso, abuso, reincidências.
Costume, hábito, permência,
Indispensabilidade,
E fazem de mim homem-anúncio itinerante,
Escravo da matéria anunciada.
(...)
Por me ostentar assim, tão orgulhoso
De ser não eu, mas artigo industrial,
Peço que meu nome retifiquem.
Já não me convém o título de homem.
Meu nome novo é Coisa.
Eu sou a Coisa, coisamente.


[Carlos Drummond de Andrade]

Boa semana a todos!!!
Vanessa Vieira

1 comentários :

  1. Olá Multiplicadora Vanessa, boa tarde! Felicidades pra sua família!

    Parabéns, seu blog e você são destaques no Educadores Multiplicadores por ter contribuído à educação. Link abaixo:

    http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/2013/03/educadores-multiplicadores-do-mes-de.html

    Caso queira pegar o selo que caracteriza o destaque, fique a vontade. Lembramos que colocar o selo do “Top Caneta de Ouro” e/ou “Top comentarista” é opcional.

    O EDUCADORES MULTIPLICADORES e o MARQUECOMX agradecem pela amizade e confiança em nosso projeto, que é de todos nós.

    Abraços, fiquemos na Paz de Deus e até breve.

    Irivan

    ResponderExcluir

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos