Crônica - De volta à sala de Aula

Foto: Vanessa Vieira

Estava tudo fluindo com as águas do rio, um ano novo cheio de expectativas, desafios e esperanças e lá eu estava pronta para mais uma jornada. Sentia que estava embarcando em uma viagem onde, pelas circunstâncias, eu já podia imaginar o que encontraria na estrada. 

Mas como bem dizem por aí, a vida é uma linha cheia de curvas e infelizmente não podemos enxergá-las até que se apresentem. Na media que os dias iam passando minhas tensões foram aumentando. As forças diminuíam e a vontade de parar no meio de estrada aumentava passo após passo. 

Nada se encaixava, a estrada era a mesma, mas as situações onde eu me metia eram cada vez mais estranhas. Definitivamente eu não estava onde devia estar e minha consciência parou no tempo. pelo caminho fui perdendo estilo, crenças, leituras, confiança ( a minha principalmente) e esperanças. 

O poço estava tão fundo e escuro que nem os rumores trazidos pelo diploma fazia efeito. E minha presença era quase imperceptível para minha própria existência. 

Mas acontece que que a vida dá mesmo curvas e já cansada daquele poço escuro, resolvi procurar saídas, olhas para o que eu já não enxergava. Abaixar a cabeça e largar de vez qualquer rastro de superioridade natural nos dada pelo mínimo de intelecto que nos é dado.

Despida de vergonhas e preconceitos (meus) resolvi dar as costas para a depressão que me assolava para voltar a dar cor à viagem certa da minha vida. Sim, estou subindo novamente os degraus da confiança, refazendo histórias que pareciam assolada por uma tristeza sem fim. 
E como transformar é uma palavra/atitude que me alerta e põe nos trilhos da vida, transcrevo aqui parte de minha história pra que fique registrado meu desejo de continuar transformando, educando fazendo bem à minha sociedade. 

Minha viagem na educação sofreu alterações por três anos seguidos e me parece que agora encontrei novamente o caminho que me guia. Aquele que costumo chamar de 'motivo' e  espero de verdade, poder compartilhar com vocês novas experiências vindas agora de uma professora mais madura, com muitas cicatrizes, mas que mesmo desmotivada nunca deixou de acreditar no poder de transformação que a educação pode trazer para quem nela acredita. 

Que tenhamos um ano de 2017 recheados de sucesso, desafios, expectativas e superações

Abraços!
Professora Vanessa Vieira


0 comentários :

Postar um comentário

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos