Educar... Expectativas e Concepções

Imagem daqui
Lápis, cadernos, borrachas, carteiras, salas de aula, professores, papeis, quadros, canetas, pais, alunos, professores, gestores, tios, tias, avós, amigos, amigas... Sociedade! 

Há algum tempo venho pensando sobre este conjunto de coisas e pessoas que precisamos unir para "fazer educação". Confesso que penso muito, tanto que às vezes me sinto frágil demais.

Se educar é um processo, tornar-se homem é um processo, viver é um processo... E por que jogamos dentro da escola a carga de fazer o menino se tornar um bom homem!?

E será que vamos conseguir torná-lo um bom homem com tantos conceitos arcaicos que ainda precisamos trabalhar? 

Há algum tempo cheguei a defender a ideia de que educação se dá em casa e que a escola era o espaço onde ele utilizava esta educação e  com isso garantia um espaço para aprender mais sobre o ser e o viver em sociedade. Saber das curiosidades do mundo. ( porque pra mim, estes conteúdos todos deveriam ser curiosidades e não obrigatoriedades).

Mas hoje, entendo que o processo é cabível aos dois. Tanto a escola quando a família, um aparando o outro. Afinal o erro já foi feito. Abriram as portas das escolas sem planejar o que se faria nela, e como se faria. 

Hoje a Educação é de todos! E precisa mesmo ser de todos. Mas como efetivar isto, usando os "antigamentes" que carregamos conosco!?

O pensamento, creio. Fazer pensar, para para refletir, analisar... Largar de lado nossa tão querida vaidade, nossa tão admirada individualidade e lutar juntos. 

Quem sabe assim chegamos à algum lugar!?

>> Um pensamento, um reflexo <<

Vanessa Vieira

1 comentários :

  1. Multiplicadora, a vida daquele blog depende de você!

    Dê a sua opinião, não permita que mais um blog morra!

    http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/2014/04/multiplicadora-nao-deixe-que-mais-um.html

    Contamos com a sua presença! Desde já, agradecemos por sua visita.

    Irivan Rodrigues

    ResponderExcluir

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos