Quando os professores se unem


Olá pessoal,

Hoje trago esse vídeo compartilhado pela Genis, minha amiga e companheira lá no Educação em foco. muitos assuntos são tratados pelo comentarista, mas não posso deixar de dizer que é a pura verdade. Essa é a situação que temos vivido em muitas de nossas escolas. e de pés e mãos atadas alguns professores seguem empurrando com a barriga como se nada estivesse acontecendo.



Acabamos de sair (ou não) de três meses de greves nas Universidades Federais, e muito ouvimos reclamar dos profissionais que a elas aderiam. Será que só assim sentem falta e declaram que precisam dos professores para concluir seus estudos, ou ingressar nas Pós e tantos outros caminhos da vida na academia???  


Os professores podem até não ser valorizado, mas já mostraram e muito que muita gente depende deles. Sabem o que isso quer dizer? Que a força que os professores tem juntos é muito maior do que se imagina. 

Por isso trouxe aqui esse vídeo. Vale a pena refletir sobre essa força que juntos nós temos.
para dar continuidade a essa longa discussão e mostrar que é fácil dizer o que se tem vontade quando realmente se quer dizer, trago aqui o Grito de guerra da minha querida Professora Rosane Marendino, que mostrou bem como se fala e como se diz o que se quer com toda a dignidade possível vejam:


Falar é sim, completamente fácil,

quando se tem palavras que expressam suas opiniões.

Difícil é expressar, corajosamente, por gestos e atitudes
o que realmente queremos dizer,
o quanto queremos dizer,
com a liberdade de falarmos do jeito que quisermos, 
desde que não firamos a ética.
Quem esconde muita doçura e pouco grito, 
talvez esconda, em si, um grande tirano...
Sou mais os que berram do que aqueles que, hipocritamente se calam
acusando o "berro" alheio. 
(Eu mesma)


Rosane Marendino - Via Facebook


0 comentários :

Postar um comentário

Faça seus pensamentos presentes! Nunca se cale!!!
Obrigada por comentar!

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos